quarta-feira, 21 de abril de 2010

A liberdade do PP


"Putz grila", acabei de ver a propaganda política do PP... as duas... da Ana Amélia e do guri falando sobre "jovens"...

Primeiro sobre a da Ana Amélia: uma vez ouvi a cara-de-pau da senhora dizendo no rádio que se ela estivesse no Congresso tudo seria tão simples ser feito, ela ia fazer e acontecer lá, porque ela é muito boa... agora está aí, deixando a profissão "político-repórter" para passar a ser política profissional.

E sobre a do jovem, um guri cheio de boas intenções, dizendo que para ser jovem não precisava usar camisa do Che, fazer protestos e ser de esquerda. Jovem tem que ser empreendedor, e fazer política com "liberdade".

Jovem tem que ter o direito de liberdade??????????????

De qual liberdade ele está falando? Certamente não é a mesma liberdade que eu também acho que jovem deva ter...

A Liberdade daquela propaganda refere-se à liberdade de qualquer coisa, menos a liberdade humana. Talvez seja a liberdade do comércio, da economia, liberdade do mercado, mas não a liberdade dos sujeitos jovens.

Que tipo de jovem tem liberdade para fazer aquilo que ele sugere na propaganda? "Montar sua própria empresa"... piada né... ainda vivemos num país com 40 milhões de pessoas em extrema pobreza, que certamente não estão se sentindo nem um pouco livres para abrir sua empresa e ter sua família (como também sugere a propaganda).

Esse projeto de liberdade é velho e conhecido... é a liberdade do liberalismo, que traz consigo não só este discurso de liberdade econômica, quanto um conservadorismo gritante de relações humanas que de livres não tem nada.

E tudo isso gera uma grande confusão na cabeça das pessoas, pois o discurso é bonito mas na prática se sabe que trata do bom e velho conservadorismo que acaba englobando
todas as relações humanas, os preconceitos de gênero, de classe, de sexualidade, de tudo que esteja no projeto coletivo de sociedade, e não na perspectiva de que o ser humano é um ser egoísta que depende apenas de si para avançar na vida...

Que raio de liberdade é essa, afinal?

3 comentários:

Pedro 21 de abril de 2010 18:14  

Bah... abrir uma empresa! Como não pensei nisso antes?!?!
Genial...!

Thais 21 de abril de 2010 18:34  

Acabei de ver essa propaganda que não pára de dar em horário nobre, pois tava vendo a novela, hehehe.

Eu dava risada!

Tem uma frase que é o fim: "ser jovem é ser feliz, respeitar as pessoas e não sei mais o q". Ó, como assim ser jovem é isso? Isso é SER humano!!! Realmente, bah! E o pior é que deve ter um monte de gente: é mesmo, o cara tá certo! pero bueno, cabe a nós, eduqueitors, a mudança tb!

Anônimo,  21 de abril de 2010 20:06  

fi,

não vi na TV, mas ouvi no rádio quando vinha pra casa ainda há pouco, quase tive um troço!! Pensei em te ligar pra falar a respeito e aí...tcharam...aqui estás, rápida no gatilho!!
Essa bobageira de camiseta com o Che e ser de esquerda, pára né!!?? Tem que ser empreendedor!

E essa dona, sempre travestida de jornalista, a gente que é de ESQUERDA, sempre soube qual era a dela mas e os outros? Sabiam que nestes anos todos enquanto ela fez um JORNALISMO ISENTO, havia filiação partidária? E mais, filiada ao partido dos ruralistas? A turma que baixa o cacete nos baderneiros do MST? Que tá se lixando pra agricultura familiar, pq o que querem mesmo é plantar soja pra exportação...uma gente podre que pensa em dólar!!! Aiii...que ascoooo!!!!

mãe, puta da vida!

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO