quarta-feira, 6 de abril de 2011

Tem dias...


Tem dias que coisas pequenas deixam a pessoa para baixo. E eu me pergunto: por quê me importo?

Eu queria conseguir só me importar com as coisas grandiosas, mais nem sempre consigo.

Agora, por exemplo, li uma coisa na internet que me irritou profundamente.

E garanto, é muito pequeno.

Muito insignificante. Mas me importei.

Acredito que tenha me importado por não suportar determinadas vezes a ignorância das pessoas. Não no sentido de "grosseria", mas no sentido de burrice mesmo. Freireanamente a burrice não existe. E neste sentido, não posso achar que é burrice. Mas a racionalidade pode me faltar e a emoção tomar conta. De emoção, chamo por burrice. A estupidez da incompreensão do mundo sem ser através das telas do computador e das confortáveis poltronas de sofás.

Confuso? Claro que não. Eu entendo tudo que estou falando aqui. E só resolvi externalizar para ninguém, absolutamente ninguém entender nada, porque caso contrário poderia ter agido na internet como uma ignorante. Mas desta vez, a ignorante da "grosseria" mesmo.

Hoje é um daqueles dias...
Não se trata de hormônios, como justificam os idiotas, mas se trata de total falta de paciência com MUITA COISA e certamente o melhor a fazer é externalizar para ninguém e ao mesmo tempo publicamente para todo mundo!

Tem sentido?

Não sei.

Estupidamente para mim, tem.

Que enjoo de certas coisas.

2 comentários:

Anônimo,  11 de abril de 2011 17:07  

bAH???????????????????????????


Levi Nauter

Fifi 21 de abril de 2011 13:03  

ehehehehehhehe um literal ataque que brabeza e impaciência! ehehheeh

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO