quarta-feira, 13 de julho de 2011

Saudade


Dizem que saudade é uma palavra sem tradução para o inglês e para o espanhol. Talvez não tenha tradução para outras línguas também, o que conota uma brasilidade nesse sentimento. Obviamente o sentimento existe e é traduzível em qualquer língua, mas com outras expressões. Esta palavrinha "latinoamericana-brasileira-gaúcha-minha", tem estado em evidência em meu coração e mente nos últimos tempos. Não sei bem a razão (ou talvez saiba), mas sinto saudade de tanta gente que não poderia mencionar aqui para não ser injusta com ninguém.
Pode ser que a vida ande tão corrida que não consiga mais estar com pessoas que gosto MUITO. Estas pessoas que gosto MUITO certamente sabem que as gosto. E certamente vão me entender por algumas ausências. Saudade de tempos, de lugares, de alunos, de professores, de amigos, colegas, parentes, de gentes de todas as partes, de risos, de coisas divertidas que somente "pessoas" são capazes de proporcionar a "pessoas".
Assim que possível me redimo com estas e estes que fazem muita falta na minha rotina. É uma questão de sobrevivência... sem essas gentes eu não vivo!
Saudadona de MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUITA gente!!!!!!!!!!!!
Nossa, tem tanta música para "saudade" que vai desde música sertaneja até rock...
Que coisa boa sentir saudade, reforça Sartre e Jobim numa mesma "tacada":
Vou te contar
Os olhos já não podem ver
Coisas que só o coração pode entender
Fundamental é mesmo o amor
É impossível ser feliz sozinho...


É como se todos os lugares que já estive, tivesse sido uma maloca de Adoniran...
Saudosa maloca,maloca querida,
Dim dim donde nóis passemo os dias feliz de nossas vidas.


Que momento! Vontade de dar um abraço do urso em todos que não vejo há tempo, ou vejo muito pouco ultimamente...

3 comentários:

Anônimo,  13 de julho de 2011 19:17  

hummm...como nos vemos com uma certa frequência, não estou incluída, portanto não há vontade de dar abraço de urso, né? Aliás...

Fifi 14 de julho de 2011 06:19  

quem é??? Se é minha mãe, é ÓBVIO que eu sempre quero dar abraço do urso!!!!!!!!!!!!!! Da ursa!!!!!!!

Anônimo,  14 de julho de 2011 07:38  

Lindo o texto. Não estou incluida nesse texto, mas se redimir dos seus queridos se faz necessário. Melhor do que sentir saudade é matá-la.
Viva os encontros e reencontros e reencontros...

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO