quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Essa juventude esta perdida!!!


“Cada vez mais me convenço de que a nossa juventude esta perdida e o destino é o mais trágico que se possa imaginar...”
Ora vejam, temos muitos exemplos disso... na escola, a menininha de sete anos colocou o papelzinho da bala na lixeira. Na hora de ir embora, sua mãe jogou um saco de bolacha no chão bem na porta da saída. E a adolescente dessa mesma escola, que na sala de aula em épocas de eleições perguntava sobre política, sobre políticos, sobre como funciona tudo isso, e a professora desta mesma escola na sala dos professores dizia: “ui, não suporto política, políticos são todos safados...” Ah mas tem casos mais interessantes: os jovens, meninos e meninas, estão cada vez mais tendo a capacidade de demonstrar afeto. Afeto este, que talvez não recebam em casa, pois homem encostando em homem boa coisa não vai dar... Ah, mas adolescentes se tocando deve ser proibido, afinal, onde isso vai parar? E no meio disso tudo havia me esquecido, que a população pedófila, que independe de classe social (pedreiros, médicos, advogados, desempregados, etc.), só se toca escondido mesmo, e daí o toque é pra valer, sem essa frescurinha de beijo na rua... E o adolescente de 17 anos, lá do Conselho Tutelar? Não tem mais para onde ir, usa crack e fica violento, o tio quer matá-lo. Ah, mas no histórico dele diz: “o menino ia buscar droga no boteco para o pai desde os 4 anos de idade”. Que menino mau. E essa juventude alcoolizada, então? Essa nem se fala. O vô do Joãozinho botava o dedinho dele na cerveja desde um aninho... toda família achava engraçadinho. Tem também a parte da juventude que esta perdida pelo seu visual. Já viu homem macho botar dois brincos? Isso é coisa de boiola. Claro, visto que sexualidade, caráter, honestidade, integridade, solidariedade, amor e humanidade se mede pela quantidade de brincos ou de tatuagens que se faz. Além do mais, esqueci do código coletivo imaginário da homofobia, onde as referências negativas do espírito conservador brasileiro refere o homossexual a tudo que é ruim, inclusive as piadas sem-graça estão no “Top Ten” do preconceito. Mas me questiono: quem é mesmo que sustenta a vida paralela da prostituição de travestis? Os jovens? Cada vez menos, pois os jovens que querem ter relações homossexuais estão conseguindo cada vez mais se libertar sem a necessidade da calada da noite. Isso sem nem falar de menino que usa cabelo comprido... e os roqueiros? Estes sim! Só escutam música barulhenta e são todos drogados... mas até hoje em todas as turmas que trabalhei, de modo geral, eram estes os que mais se manifestavam insatisfeitos com esse sistema... Sistema no qual ainda temos muito o que viver e muito o que transformar... e a gurizada esta bem antenada! Talvez alguns que já não são mais tão jovens não consigam entender que mundo esta melhorando, e as pessoas estão conseguindo se libertar das amarras do conservadorismo e do individualismo. Grande parte dos jovens de hoje conseguem enxergar a margem de miséria que assombra o mundo e que interfere na vida de cada um. A juventude esta perdida mesmo? Ou os jovens que reproduzirem uma fórmula falida de sociedade é que estão perdidos?

4 comentários:

Leandro 21 de outubro de 2009 14:35  

Muito bom esse teu "desabafo", Princ. E digo: tomara que a juventude continue cada vez mais perdida! É dela que depende o progresso! Dessa juventude que quer fazer diferente, que não quer fórmulas prontas e nem manual de bom comportamento! VIVA A JUVENTUDE PERDIDA!

Fifi 22 de outubro de 2009 07:58  

hehehehehhe verdade! Viva!!!!!!!!

Ronaldo 6 de novembro de 2009 17:43  

Bacaninha o blog Fifi, por incrível que pareça te achei na promoção do orkut, vamos trocar uns links o que tu achas?? Abraço. Ronaldo.

Thais 9 de novembro de 2009 21:50  

ótimo texto Fi!

Só gostaria de estar mais em contato com a juventude assim, como prô, lá na escola e acompanhar e participar desse processo de perdição!

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO