segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Olá amiguinhos!

Olá miguxos!
O blog de conteúdo é o outro... mas se você futricou aqui, não tem problema, pois o usuário do google é o mesmo e você não tem culpa... a única coisa que vai encontrar aqui são devaneios filosóficos de quando eu resolvo escrever maluquices. É melhor que postar no face, experimente!
- até porque eu não tenho mais face :(

Até a aulaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa miguuuuuuuuuuuuuusssssssss!!!!

Continue lendo >>

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Bléeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeergs que sensação ruim!



Desde ano passado, mais ou menos antes do meio do ano, fui bloqueada pelo facebook sob alegação de não ser uma pessoa. Não sei bem como não se pode ser uma pessoa e ter facebook, mas enfim, tentei entender que eram regras de segurança do face. Tratava-se do seguinte caso: troquei meu nome em menos de alguns meses, o que gerou um comportamento suspeito. Troquei de Ingrid para Fifi e depois para Ingrid de novo. Deu alguns dias e fui solicitada que enviasse cópia do documento de identidade. Claro que não mandei. Já estamos em fevereiro de 2016, passaram-se muuuuuuuuitos meses e sigo bloqueada.
Com isso estive fora de muitos grupos que eram úteis para mim. Perdi a data do aniversário de várias pessoas. Não pude ver atualização de fotos ou notícias de pessoas que realmente estimo e quero bem.
Maaaaaaaaaas... como toda a história tem um “mas”... não absorvi a exacerbada carga de energia negativa de postagens baixo-astral inúteis, manifestações de ódio gratuitas, hostilidades virtuais cansativas, compartilhamentos de mentiras, mensagens de súplicas por atenção, indiretas para pessoas que nem as leem, brigas fanáticas e previsíveis anti-tudo, manifestações de amor por quem se detesta, manifestações de carinho por quem quase não o tem, enfim, diversas coisas que eu mesma já deva ter feito e que quando se faz parte do face a gente faz mesmo sabendo que é mega clichê. E o principal do “mas”: ganhei tempo! Sim! Tempo! A abstração mais material do mundo. Nosso rico e precioso tempo. Se a pessoa gasta ele com algo que engrandeça, ainda vá. E existem de fato coisas no face que nos engrandecem ou que nos informam melhor. Mas 75% das coisas são inúteis, gastam nosso tempo e mancham nossa tão difícil e sensível “aura” sem nenhum propósito efetivo.
Pode ser que volte para o face. Claro! Mas essas férias do face me fizeram de fato muuuuuuuuuuuuuuuuuito bem.

O título era sobre sensação ruim... pois bem... li através de outro face sobre o cenário político na minha cidade. Ainda estou com ânsia de vômito. Psicose e política não combinam. Blérgs.

*pensei em ilustrar esse pequeno post com algum desenho, eis que me deparo com dois malucos: o Pink e o Cérebro planejando dominar o mundo... caiu como uma luva!

Continue lendo >>

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO