quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

!!!!!

Continue lendo >>

sábado, 26 de janeiro de 2013

Amigo é coisa para se guardar...

Há muito tempo eu venho pensando nisso. E nunca expresso por escrito de forma organizada. Como hoje eu estou, digamos, com a mente relaxada... resolvi escrever. A família é importante, os amores... tudo isso faz parte da vida. Mas os amigos, putz! São os campeões de clichês, talvez porque seja real mesmo esse negócio de que amigo não se tem por obrigação. Amigo é escolha. Ninguém é amigo para agradar. Ninguém é amigo porque tem que ser amigo. Ninguém é amigo por obrigação. Ninguém é amigo porque pagaram-lhe um "dote" medieval e é preciso estar com ele. Ninguém é amigo porque um achou o outro bonito e resolveu ser. Amigo é uma coisa sem explicação. As pessoas são totalmente diferentes, e, no entanto, se adoram! Amigos genuínos que confiamos nossos segredos, que dividimos nossa alegria, nossa tristeza, são engrenagens muito especiais para fazer funcionar a máquina da vida. Não importa quantos sejam. O que importa é o quanto são especiais. Tem amigos que nunca se veem e não perdem essa sensação. Tem amigos que se veem sempre, que se trocam sempre. Tem amigos que é só de vez em quando mas um sabe o que o outro pensa e como se sente. Tem amigo de todas as cores, de todos os sabores e de muitos amores! É um eterno "respeitar" e aprender sobre a forma e o conteúdo do outro. É um ensino constante. Amigo pode ser um poço de crítica mas também é um baú de esperança. Principalmente quando não estamos muito bem. Tem os amigos previsíveis, aqueles que a gente já sabe o que vai falar sobre nós. Tem os imprevisíveis. Tem os mais críticos, os mais tranquilos, os mais chatos, os mais engraçados. Tem os mais abobados. Tem os mais estudiosos... tem os que se colocam na nossa pele. E tem aqueles que nos desafiam a ousar sempre. Eu tenho a sorte de ter amigos e amigas desde pequena, até hoje. E também tenho a sorte de ter amigos que conheci há pouco e parece que os conheço desde que nasci. Eu não sei o que seria da minha constituição enquanto ser humano se não fossem essas relações de troca. Quando estava casada, e agora solteira, continuo com a mesma intensidade nas amizades que sempre cultivei, com a mesmíssima força. Porque amigo é amigo. Desde as piores situações até aquelas em que a gente imagina com quem vai dividir o dinheiro da Mega Sena acumulada da virada... hehehehehe (eu não jogo na mega sena, tá, isso foi uma piada). Se um dia eu morasse bem longe destes amigos todos, acho que sofreria um bocado. Porque todos eles fazem parte da minha vida. Cada um de um jeito, cada um com uma especialidade e uma personalidade sui generis... mas sobretudo pessoas que me fazem compor o meu "todo". MEUS AMIGOS TODOS!!!!!!!!!!!! EU AMO VOCÊS!!!!!!!!!!!!

Continue lendo >>

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

que venha o novo...

Esse blog deixou de ser feito de devaneios meus para se tornar "meu querido diário". Por isso resolvi parar com essa cachaça. Pelo menos hoje. Porque as minhas decisões são tão veementes que basta dormir e acordar para ter mudado completamente de ideia. Isso é o que dá estar em pleno estado de férias e em plena crise de ansiedade... O que me agrada é que cada crise se transforma numa nova composição feita de uma misturança entre o velho e o novo. E que surjam as novas crises para que eu nunca morra de nenhuma fórmula eterna! Se tivesse que fazer parte de uma fórmula eterna morreria de desgosto antes.

Continue lendo >>

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Um passo à frente e você já não está mais no mesmo lugar...

Um passo em falso e a pessoa cai! Até o Reino Mineral está sabendo que se eu cair aí eu vou me machucar... E eu ando insistindo com a descoberta da intensidade. Enquanto muitos seres humanos têm a capacidade de tocar a vida bem mais ou menos, e achar que gente como eu são pessoas exageradas, eu já acho exatamente o contrário. Ou eu caio, ou eu vôo! Não ficarei sentada aí por muito tempo, pois a vida passa, o reloginho gira e tudo é muito rápido. "Eu é que não me sento com a boca aberta escancarada cheia de dentes... esperando a morte chegar!" O que talvez ninguém se dê conta, que a intensidade que pode pisar em falso, cair do abismo e morrer, com muita criatividade e capacidade de transformação, pode um dia sair voando!!! E no que depender de mim, dou um passo à frente e saio voando! Porque o céu é o limite! Pode causar angústia, mas eu saio dessa... viva!

Continue lendo >>

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO